Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Seja Bem Vindo!

SERGIPESERGIPE

 

O notável

Antônio de Loureiro Feitosa

          Antônio de Loureiro Feitosa nasceu em Porto da Folha dia 10/03/1937, filho de Bonifácio de Loureiro Lima e Laurinda Alves Feitosa. Além da constatada influência política, Loureiro atuou como agro pecuarista nas imediações do povoado Lagoa do Rancho, ocupação que o deixou muito conhecido no sertão sergipano.

          Na primeira festa dos vaqueiros de Porto da Folha, Loureiro marcou presença montado em seu cavalo, usando um lustroso gibão e chapéu de couro novo, naquela época poucas pessoas sabiam do real valor daquele homem conhecido apenas pelo prenome Antônio do Pageú, mas com os elogios divulgados pelo locutor e vaqueiro Maurício do Pageú, Antônio de Loureiro foi aos poucos conquistando a simpatia de quem criava gado na região. Foi através do incentivo dos vaqueiros que ele decidiu participar da política, candidatando-se ao cargo de vereador, sendo eleito com boa votação no pleito de 1972, isto o fez pensar na possibilidade de exercer cargo majoritário no futuro. Ao passo que foi se tornando muito conhecido pelo povo, sua família também se destacava com boa aceitação no meio político. A particularidade de Antônio ser um sujeito de bem humorado foi essencial para este sucesso, pois suas piadas e anedotas proporcionavam alegria em qualquer ambiente, e não foi por ocaso que conseguiu se eleger prefeito em duas ocasiões após a morte de Antônio Pereira Feitosa.  

          Vítima de infarto faleceu em 23/10/2014 no povoado na Lagoa do Rancho, cujo sepultamento se deu no dia seguinte em Porto da Folha. Por esta belíssima trajetória e benfeitorias conquistadas para o setor educacional do município, Antônio de Loureiro Feitosa é considerado importante filho desta terra.

Fonte: Joaquim Santana Neto, edição outubro/2016.

 

 

Presidente João Batista Figueiredo (1979-1985).Presidente João Batista Figueiredo (1979-1985).

 

Presidente José Sarney (1985-1990).Presidente José Sarney (1985-1990).

 

Governador João Alves Filho (1983-1987).Governador João Alves Filho (1983-1987).

 

Governador Antônio Carlos Valadares (1987-1991).Governador Antônio Carlos Valadares (1987-1991).

 

 Povoado Lagoa do RanchoPovoado Lagoa do Rancho

 

Praça da MatrizPraça da Matriz

  

 

Presidente Itamar Franco (1992-1995)Presidente Itamar Franco (1992-1995)

 

 

Gov. João Alves Filho (1991-1995)Gov. João Alves Filho (1991-1995)

 

 

Gov. Albano Franco (1995-1999)Gov. Albano Franco (1995-1999)

 

♠♣♣

 Cemitério velho - reformado na 2ª gestão Antônio Loureiro e Lourdes, iniciativa de Antônio Sereno.Cemitério velho - reformado na 2ª gestão Antônio Loureiro e Lourdes, iniciativa de Antônio Sereno.

 

Antônio SerenoAntônio Sereno

 

 

 

 

  

         

Antônio de Loureiro FeitosaAntônio de Loureiro Feitosa

 1ª ADMINISTRAÇÃO

ANTÔNIO DE LOUREIRO FEITOSA 

          Em 15 de novembro de 1982, com esplêndida votação, foi eleito prefeito de Porto da Folha o Sr. Antônio de Loureiro Feitosa (Antônio do Pageú), tendo como vice o Sr. Manoel de Souza Dória. Nesta mesma ocasião eleitorado sergipano concedeu ao Sr. João Alves Filho o título de governador, tendo este assumido o cargo em 15/03/1983 em substituição a Djenal Tavares de Queiroz (1982-1983).

           A vitória de Antônio Pageú em Porto da Folha não foi novidade, pois sendo ele um vaqueiro possuidor de pequena fazenda no povoado Lagoa do Rancho, havia chegado de mansinho e conquistado a simpatia dos portofolhenses.
           Neste pleito também foram vitoriosos os vereadores: Antônio Alves de Farias, Aurino Gonçalves Lima, Félix Moreira de Sá, Gildo Gonçalves Rodrigues, João Alves de Souza, João Aragão, Juarez Loureiro Feitosa, Militão José de Oliveira e Terezinha Maria Timóteo.
          Uma importante obra se destacou nesta gestão com efetivo empenho do governador João Alves Filho: a pavimentação e inauguração da rodovia Pedro Barreto, ligando Porto da Folha à Monte Alegre pelo sul cortando o povoado Lagoa do Rancho. A referida estrada colocou Porto da Folha no rol das cidades sergipanas com acesso por via pavimentada. Ainda no bojo das conquistas de Antônio Loureiro cita-se a reforma do Foro Cardeal Mindszenty em 1985; edificação da Escola Municipal Manoel Rodrigues Velho (inaugurada em junho/1986); construção da Escola de Primeiro Grau Bonifácio de Loureiro Lima (inaugurada em 14/03/1987); restauração, em 11/02/1987, do antigo cemitério da Restinga, que se achava em ruínas à quase um século. A iniciativa desta reforma teve a participação do Sr. Antônio Sereno e sua filha Lourdes.
          Esta gestão Antônio de Loureiro Feitosa se deu entre 1983 e 1989, período que superou o do governador João Alves Filho (1983-1987). Presidentes da República nesta ocasião: João Batista Figueiredo (1979-1985). Meio a esta fase, em 1985 ocorreram as Eleições Diretas para Presidente da República, cuja vitória foi de Tancredo Neves, que derrotou nas urnas João Figueiredo, mas adoeceu subitamente e veio a óbito dias antes de sua posse. Tendo o vice-presidente José Sarney (1985-1990) assumido o cargo. José Sarney, em sua administração, restabeleceu a democracia, aprovando uma nova Constituição, realizando eleições diretas e acabando com a repressão momentânea. Entretanto, na economia, a inflação se tornava incontrolável.
Em Porto da Folha, Loureiro foi considerado bom administrador, especialmente na assistência ao setor educacional. Jamais a população esperava por tamanho empenho.

2ª ADMINISTRAÇÃO

ANTÔNIO DE LOUREIRO FEITOSA 

          Em 03/10/1992 foi eleito, pela segunda vez, prefeito de Porto da Folha o Sr. Antônio de Loureiro Feitosa para a gestão de 1993 a 1996, tendo como vice a Sra. Maria de Lourdes Feitosa.
          Nesta acirrada disputa para o cargo majoritário concorreram quatro candidatos: Antônio Loureiro Feitosa garantiu o primeiro lugar ao obter 2.749 votos, ficando em segundo o Sr. Manoel Joaquim de Sá com 2.486, Dr. José Júlio Nunes de Santana Gomes em terceiro com 2.350 e Helder Javerson de Rezende Xavier, que mesmo ficando na última colocação obteve 2.244 votos.
          Na oportunidade garantiram vagas na câmara municipal os seguintes vereadores: Antônio de Freitas Dória (reeleito), Eliezer Santana Neto (reeleito), Enoque da Silva França, José Alves de Souza, José Renivaldo de Sá, José Teixeira Vieira da Costa (reeleito), Kleber Costa Silva, Manoel de Souza Dória (reeleito), Manoel Messias de Oliveira (reeleito), Paulo Teixeira de Souza, Raimundo Rodrigues de Melo, Reginier Sabino de Oliveira e Solon Loureiro Feitosa.

          Poucas obras foram concluídas nesta gestão, porém houve empenho do prefeito nas reformas de escolas e estradas dos povoados. A esplêndida dedicação de Loureiro ao setor educativo surpreendeu mais uma vez a população de Porto da Folha. Não resta dúvida de que ele, apesar da pouca escolaridade, foi um dos administradores voltados para o futuro. Um dos recordistas na implantação de escolas no município. Não somente neste ponto, afirma o historiador Antônio Carlos Pereira, Loureiro foi importante. Ele fica entre os autênticos gestores de Porto da Folha.
          Periodicamente o presente mandato se deu entre a fase final da segunda gestão de João Alves Filho (1991-1995) e parte inicial do primeiro mandato de Albano do Prado Pimentel Franco (1995-1999) na governança de Sergipe. Presidente do Brasil nestes idos: Itamar Franco (1992-1995).

          Antônio de Loureiro Feitosa, natural de Porto da Folha, nasceu dia 10/03/1937, filho de Bonifácio de Loureiro Lima e Laurinda Alves Feitosa. Além da constatada influência política, Loureiro atuou como agro pecuarista, ocupação que o deixou muito conhecido no sertão sergipano. Vítima de infarto faleceu dia 23/10/2014 no povoado na Lagoa do Rancho, cujo sepultamento se deu no dia seguinte em Porto da Folha.  

por Joaquim Santana Neto