Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Seja Bem Vindo!

 

 

Antônio PoderosoAntônio Poderoso

 

Antônio Poderoso

(Radialista, Cantor e Compositor)

 

                    Antônio Evandro Poderoso nasceu em Porto da Folha dia 03/06/1948, filho de Heráclito Poderoso e Judicy Santana Poderoso.

          Boa parte de sua infância, do nascimento aos seis anos de idade, Antônio Poderoso viveu na terra natal; posteriormente seus pais se mudaram para Nossa Senhora da Glória, mas ele tem plena convicção de ter feito grande amizade com a garotada de sua época em Porto da Folha, portanto essa recordação é muito valiosa para ele porque ficou para sempre gravada na mente.

          Lembra-se de ter estudado no Colégio São Francisco de Assis em N. S. da Glória.

          Aos 17 anos de idade já estava morando na capital Aracaju, serviu ao Exército no 28º BC. Foi na capital sergipana que Antônio Poderoso, na rádio Liberdade, falou ao microfone pela primeira vez, e ali descobriu que tinha vocação para evoluir neste ramo.  Em 1976 migrou para a capital paulista onde reside atualmente.

          Antônio Poderoso possui cerca de 120 composições musicais de sua autoria, algumas delas foram feitas em homenagem a terra natal Porto da Folha,

          Como Locutor trabalhou na rádio Difusora de Atibaia (atual rádio Aperipê); rádio Clube de Santo André; rádio Gazeta; rádio Jornal; rádio Atual; rádio Morada do Sol e outras emissoras, quase todas na grande São Paulo.

         Atualmente o artista tem se destacado em um programa aos sábados na Rádio Trianon de São Paulo.

  

por Joaquim Santana Neto, edição janeiro/2018. 

 

 

Curre Zé MalfeitoCurre Zé Malfeito

Rua da LadeiraRua da Ladeira 

 

Antônio Pereira de SouzaAntônio Pereira de Souza

Antônio Pereira de Souza

(Farmacêutico e Enfermeiro)          

          Antônio Pereira de Souza, nasceu em Porto da Folha aos 29/07/1920, filho de José Miguel de Souza e Ana Rita Pereira de Souza.

          A comunidade portofolhense deve sempre lembrar que neste convívio existiu a excelente pessoa de Antônio Pereira de Souza, popularmente conhecido por Antônio Pereira, enfermeiro e farmacêutico de brilhante atuação na sede e municípios.

          Numa época não tão distante, a cidade passou por fase muito crítica com relação à presença de médicos na região, mas como Deus não desampara ninguém, concedeu a Antônio Pereira o dom de saber cuidar dos enfermos. Para enaltecer ainda mais sua competência e ajudar a manter cordialidade idêntica a de um profissional médico, concluiu o curso auxiliar técnico em enfermagem e o curso técnico em farmácia. Assim o atendimento em sua farmácia no comércio foi aos poucos conquistando a confiança da população. Daí em diante, Antônio Pereira passou a assumir um papel muito importante na comunidade, onde muitas vezes foi obrigado a atuar como médico, pois não havia outro recurso.

          Centenas de vidas foram salvas por ele, que nunca se recusava a prestar socorro a quem necessitasse, muitas vezes atendia a domicílio. Na maioria dos casos as consultas eram gratuitas e bem sucedidas.  Assim Antônio Pereira findou conquistando a admiração total dos buraqueiros, sobretudo por sua disposição e generosidade. Enfrentou em determinas ocasiões a escuridão da noite nas viagens que fazia pelo interior, buscando sempre atender da melhor forma possível; naquela época o transporte era dificultoso, não havia ambulância disponível e o hospital (SESP) quando em atividade funcionava precariamente.

Antônio Pereira de Souza faleceu aos 81 anos dia 23/08/2001 na capital e seu sepultamento se deu na cidade de Porto da Folha.

          Em homenagem ao brilhantismo do benevolente conterrâneo, a comunidade portofolhense o qualifica como notável filho desta terra.

 

 por Joaquim Santana Neto, outubro/2016